segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

ATENÇÃO APOSENTADOS DA REDE ESTADUAL


ATENÇÃO APOSENTADOS DA REDE ESTADUAL
RECADASTRAMENTO / PROVA DE VIDA


         O governo do estado divulgou o calendário 2020 para que os servidores aposentados
façam o recadastramento/prova de vida. O processo deve ser feito no mês de aniversário
do aposentado (veja tabela na imagem abaixo).
LINK PARA ACESSAR O CALENDÁRIO COM FICHA PARA ATESTADO DE RESIDÊNCIA:
































quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

INFORME SOBRE A COMPOSIÇÃO DO FUNDEB - 2020/2021


SOBRE A COMPOSIÇÃO DO CACS FUNDEB PARA O BIÊNIO
2020/2021.

                         Ontem, dia 18/12/2019, tivemos um dia muito importante para a Educação Pública em São Gonçalo. Foram escolhidos os Conselheiros  para a composição  do Conselho do FUNDEB - biênio 2020/2021. 
                           Aqueles que estarão verificando as contas públicas da Educação na busca por sua aplicação correta em prol do aluno e de toda a Categoria dos Profissionais da Educação. Parabéns aos que compareceram! 
                         Parabéns ao grupo de conselheiros que se despede. Que venham novos desafios e muita sabedoria. Parabéns aos guerreiros que não fogem à luta! Essa luta é de todos nós!


NOTA DE SOLIDARIEDADE

NOTA DE SOLIDARIEDADE.

                          O SEPE/SG se solidariza com todos os trabalhadores, não só da Educação, mas todo funcionalismo e terceirizados da saúde do município do Rio,  nesse momento tão difícil. É inadmissível que um município tão grande, capital do Estado, venha tratando dessa maneira tão desrespeitosa, os trabalhadores desse município.  Toda solidariedade e apoio aos companheiros.

                                           

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

REDE ESTADUAL: Derrubado veto do governo estadual ao projeto que garante 30 horas para inspetores

                 A Assembleia Legislativa (Alerj) derrubou na tarde dessa segunda-feira (16) o veto do ex-governador Dornelles ao Projeto de Lei 2053/2016 que garante redução da jornada de 40 horas para 30 horas para os inspetores de alunos das escolas da rede estadual. O veto foi derrubado por 55 votos a zero. Com isso, o PL vai à sanção do governador Witzel que terá 15 dias para sancionar a lei. No caso do governador vetar, o PL volta à Presidência da Alej que poderá ele próprio promulgar a lei, sem necessidade de voltar ao plenário. 
             A queda do veto do governo e a aprovação do PL 2053/16 corrigem a injustiça contra ao inspetores, que ficaram de fora da lei estadual que instituiu, em 2016 - a partir da pressão da greve da educação estadual naquele ano -, a carga horária de 30 horas para todos os funcionários administrativos. Trata-se de uma grande vitória dos profissionais de educação que durante esses três anos pressionaram pela redução da carga horária dos inspetores.
           O projeto de lei 2053/2016 é da autoria dos deputados Flávio Serafini (PSol) e Waldeck Carneiro (PT) e dos ex-parlamentares Comte Bittencourt e Tio Carlos; ele altera a Lei 1.348/88, que regulamenta o quadro de funcionários da Seeduc.
PL da escola militar sai de pauta
          Outras duas vitórias no plenário da Alerj: não houve acordo entre os deputados e o PL da escola cívico-militares não será mais votado esse ano.
Também foi derrubado o veto do governo ao PL que inclui os valores do Fundeb nos contracheques dos professores da rede estadual de educação, que são destinados ao pagamento dos servidores da pasta. O projeto é dos deputados Eliomar Coelho (PSol) e Renan Ferreirinha (PSB).

                                                                                                                        FONTE: SEPE RJ

sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

ATENÇÃO CATEGORIA - ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA

ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA!

                       A Direção Colegiada do SEPE/SG, convoca a categoria para uma assembleia extraordinária no dia 16/12/19 (segunda-feira) às 18h,  na sede do SEPE/SG, pauta única:  escolha dos novos conselheiros para composição do mandato do CACS FUNDEB do biênio 2020/2021.
                                 É muito importante a presença de todos, nossa luta depende de uma efetiva  participação na nossa categoria nos Conselhos com representatividade em nosso município.
                                                     

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

NOTA DO SEPE SÃO GONÇALO SOBRE DENÚNCIA FECHAMENTO DE TURMAS NA REDE MUNICIPAL

NOTA DO SEPE SOBRE FECHAMENTO DE TURMAS DA REDE MUNICIPAL.

                       O SEPE/SG recebeu  uma denúncia de que a E.E Municipalizada Barão de São Gonçalo estaria encerrando a oferta de vagas para o ano de 2020, das turmas de segundo segmento, a justificativa dada foi de que não havia demanda para o segmento e que a procura maior seria para o primeiro segmento. No entanto, após visita à escola realizada no dia 10/12/19 pelo SEPE e o FUNDEB, e ainda,  averiguado o censo escolar dos anos de 2017, 2018 e 2019 da UE, fica claro que essa justificativa não procede, visto que ao entorno não há oferta desse segmento em UE municipal pois as mais próximas atendem apenas o primeiro segmento (1º ao 5º ano). Diante dessa situação, o SEPE irá buscar junto à SEMED a solução que eles darão ao caso, uma vez que o município tem a obrigatoriedade de oferecer o segundo segmento compartilhado com o estado.
                           Em outra oportunidade o secretário de educação, afirma no ofício nº 1347/GABSEMED/2019 (nesse blog) que a proposta da gestão atual é de ampliação de vagas e não procede a denúncia de não realizar matrículas, sob nenhuma hipótese, sendo assim estaremos cobrando da SEMED um posicionamento público em respeito aos pais e responsáveis que ficam inseguros diante de tantas denúncias e solicitamos apuração da justificativa usada pela gestora para encerrar o segundo segmento. 
                    Averiguamos que nem a comunidade e nem o Conselho Escolar foram convocados, os responsáveis de alunos e professores nem se quer informados oficialmente, estes últimos apenas comunicados verbalmente. É inadmissível que essa postura utilizada tenha aprovação da SEMED, uma vez que para se encerrar qualquer atividade ou turma numa escola, precisa minimamente da consulta ao Conselho e toda a comunidade. Não aceitaremos, ainda, que mesmo por indicação ou até mesmo eleição, que as direções autoritárias atrapalhem a vida escolar e profissional dos alunos e professores da rede municipal de ensino.

                                               






segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

REDE ESTADUAL

ATENÇÃO REDE ESTADUAL!
A SEEDUC vem liberando quantias volumosas de recursos para as escolas nesse final do ano. Verba para ônibus, para compra de livros para as escolas e para professores e funcionários, para uniforme- 3 camisetas, para troca dos ar- condicionados, para troca de todo mobiliário, além de cotas-extras der merenda e infraestrutura.
Assim, por pura falta de planejamento as escolas se veem sobrecarregadas ao final do ano. Tanto professores, tendo que fazer programações e saídas no último bimestre, de forma precária e sem planejamento, quanto a direção, que se vê atolada de ações de tomadas de preço, prestações de conta e etc.
Relação da liberação de RECURSOS:
Cota-extra de merenda – R$7.400.283,38 (liberado);
Cota-extra para infraestrutura; (previsto);
Recursos para ônibus (liberado);
Recursos para aquisição de camisetas para os estudantes (liberado);
Verba para compra de mobiliário (previsto);
Compra de Ar-Condicionado- R$60.000.000,00(aprox);
Aquisição de livro em evento pré-determinado – R$42.000.000,00(aprox) (liberado).
Tal procedimento vem sendo realizado, pois eles precisam cumprir a Lei 11.494, do FUNDEB, que diz em seu artigo 21 § 2º: “Até 5% (cinco por cento) dos recursos recebidos à conta dos Fundos, inclusive relativos à complementação da União recebidos nos termos do § 1º do art. 6º desta Lei, poderão ser utilizados no 1º (primeiro) trimestre do exercício imediatamente subsequente, mediante abertura de crédito adicional.”
A SEEDUC-RJ tem em caixa hoje, aproximadamente, R$750.000.000,00, levando em conta somente a sub vinculação FUNDEB e o Salário Educação. Tal afirmação pode ser facilmente comprovada no Relatório Resumido de Execução Orçamentária(RREO), anexo 8, do 5º bimestre.
Essa é uma das explicações a “abertura na torneira” dos recursos da SEEDUC. Um outro motivo é o fato dos profissionais educação não terem nenhuma valorização salarial há 6 anos, sendo hoje o menor piso inicial na educação pública do Estado do Rio de Janeiro. Só para se ter uma ideia o montante que as escolas receberão mais os 54850 CPFs (professores e funcionários), totaliza algo entorno de 42,4 milhões de reais. Somente esse valor garantiria que o vencimento base de todos os FUNCIONÁRIOS ADMINISTRATIVOS, que hoje é R$670,45(início de carreira do Nível elementar) e R$782,01(final de carreira do Nível elementar), fosse o SALÁRIO MÍNIMO NACIONAL(R$998,00) durante todo o ano 2019.
Essa é uma opção que os Governos Cabral e Pezão fizeram. O atual governo continua nessa linha. O congelamento dos salários dos Profissionais da Educação faz com que os recursos deixem de ser investidos na valorização e na manutenção e desenvolvimento do ensino. A consequência disso é o aumento dos pedidos de exoneração na rede estadual, fazendo com que os alunos fiquem sem aulas de diversas disciplinas. Essas aulas são compensadas por atividades auto- reguladas da página da SEEDUC. A não reposição presencial dessas aulas tem causado prejuízos aos alunos e a SEEDUC quer resolver com intervenção nas escolas por conta do índice de reprovações e consequente exoneração de diretores eleitos.
Nossos alunos tem direito à uma educação pública de qualidade, com manutenção do espaço escolar, climatização, material e uniforme, com corpo de professores e funcionários completo. Para isso necessitamos que haja planejamento. A verba da educação não pode ser gasta de forma atropelada e midiática. Em meio a todo esse atropelo e corrida para cumprir a legislação podemos perceber que o saldo financeiro da SEEUDC-RJ continua alto, ou seja, não há motivo para o nossa perda salarial frente ao PISO NACIONAL DO MAGISTÉRIO.
Por isso, dia 11 de fevereiro de 2020 faremos 24h de paralisação. Vamos lutar pelo piso nacional, contra a militarização das escolas e contra a intervenção da SEEDUC.
SEPE SÃO GONÇALO



quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

NOTA DE FALECIMENTO

NOTA DE FALECIMENTO

              É com grande pesar que o SEPE/SG informa sobre o falecimento da professora Adriana de Almeida Freitas..
O velório da professora Adriana Maria de Almeida Freitas  será nessa quarta (4/12), às 13h, no Memorial do Carmo. A cremação será às 16h.

É um momento muito triste para todos que lutam por um país mais justo.

É um momento muito triste para o SEPE.

Adriana participou ativamente da luta em defesa da educação pública.

Ela sempre esteve à frente das mobilizações nacionais pela democracia e pelo socialismo.

Ela foi muito importante para tornar o SEPE uma entidade dos profissionais de educação, unindo o magistério e os funcionários administrativos.

Podemos afirmar, sem medo de errar, que o SEPE hoje é o que é por causa também do esforço da professora Adriana.

Na foto, parte da direção do SEPE, em 1997 - ano em que brigávamos contra o neoliberalismo do então presidente Fernando Henrique Cardoso, revivido hoje no atual presidente.

Daí a importância de lembrarmos da professora e sindicalista Adriana, que não fugia das brigas.

Adriana é a segunda à direita, sentada.



Professora Adriana - PRESENTE!
Professora Adriana - PRESENTE!
Professora Adriana - PRESENTE!



terça-feira, 3 de dezembro de 2019

SOLIDARIEDADE AOS APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA BAIXADA


SEPE/ SG SE SOLIDARIZA COM OS COMPANHEIROS APOSENTADOS E PENSIONISTAS
DA BAIXADA.

                     Pelo segundo ano consecutivo,  o SEPE/SG vem participando da corrente de solidariedade aos companheiros aposentados e pensionistas, que após cumprirem suas funções durante anos,  no momento em que deveriam gozar do pleno direito do descanso  estão sendo desrespeitados de forma criminosa.
                        Em 2016/2017, O SEPE SG comprou e doou cestas básicas e iniciou uma grande campanha que contou com doações da categoria e da população gonçalense, sensibilizada com o absurdo atraso promovido pelo governo do Estado,  que deixou milhares de aposentados e pensionistas sem salários por meses. Em 2018, os companheiros de Duque de Caxias, São João e Belford Roxo continuaram sofrendo os ataques do governo e mais uma vez pudemos colaborar com doações de cestas básicas.  Em 2019, vendo o absurdo se repetir pelos prefeitos de Caxias, São João de Meriti e Cachoeira de Macacu, o SEPE tomou a iniciativa de doar cestas básicas aos municípios para tentar amenizar a situação dos companheiros aposentados. 
                          A luta é de todos, por todos e para todos!
                          O ativo de hoje, será o aposentado de amanhã! 
                          Continuemos a nossa luta!





sexta-feira, 29 de novembro de 2019

REDE MUNICIPAL - ESCLARECIMENTO DE DENUNCIA

NOTA DE ESCLARECIMENTO.

                          Como é de costume do SEPE/SG, sempre estivemos a disposição dos pais, alunos, servidores em geral para receber e averiguar,  quando possível e dentro da legitimidade que a lei nos permite,  toda e qualquer denuncia referente a Educação. Também é costume do SEPE/SG respeitar  a decisão de manter o anonimato de seus denunciantes para evitar represália, ou qualquer outro tipo de desconforto, independentemente de quem faça a denuncia.    Porém tomamos o cuidado de sempre buscar esclarecimentos e informar aos órgãos responsáveis por investigá-las. 
                           Essa semana recebemos denuncia de UEs sobre não poder abrir novas turmas para atender a comunidade pelo fato de não disponibilizar de professor para assumir as turmas, segundo a denuncia, não poderiam abrir turmas sem a autorização da SEMED, mesmo se houvesse fala disponível, diante disso cobramos um posicionamento da SEMED. Hoje, dia 29/11/19, recebemos a resposta do Secretário de Educação através do oficio nº  1347/19 que estamos disponibilizando aqui para ciência de todos. 
                            Sendo assim, achamos importante que a SEMED envie uma circular para as escolas, formalizando e publicizando a orientação.


quarta-feira, 27 de novembro de 2019

REDE MUNICIPAL - INFORME

INFORME!

                           A Direção colegiada do SEPE/SG  esteve presente na Câmara de Vereadores, no dia 26/11/19,  para acompanhar a votação das mensagens dos reajustes referentes à adequação do piso nacional de 2017.  Após diversas idas e vindas, fomos informados que o reajuste seria dado em 2 parcelas:
  •  a primeira no valor de 3.59% ainda no mês de novembro. (junto com todo funcionalismo)
  •  a segunda de 3.91% para o mês de dezembro, apenas para os professores, conforme a cláusula  6ª  do TAC 01/ 2018. 
                                           


quarta-feira, 20 de novembro de 2019

NOTA DE FALECIMENTO

NOTA DE FALECIMENTO

              É com grande pesar que o SEPE/SG informa sobre o falecimento da professora Fátima dos Anjos.
              O sepultamento será amanhã às 15h no cemitério Parque Nicteroy, em Vista Alegre, SG. Uma grande perda para a rede municipal de SG e para a Escola Municipal Irene Barbosa Ornellas. A todos os familiares e amigos nossos sentimentos!

Professora Fátima dos Anjos - PRESENTE!
Professora Fátima dos Anjos - PRESENTE!
Professora Fátima dos Anjos - PRESENTE!




terça-feira, 19 de novembro de 2019

REDE MUNICIPAL / REDE ESTADUAL

INFORME SEPE

                         Devido a paralisação dos funcionários do SEPE,  hoje  fecharemos a sede às 16:30, pois a direção estará na Câmara de Vereadores para acompanhar a movimentação da mensagem do reajuste dos professores para dezembro/2019. 

                                              

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

REDE MUNICIPAL - INFORME

              INFORME SOBRE A MENSAGEM COM O REAJUSTE DOS PROFESSORES REFERENTE A DEZEMBRO/2019.



                         A Direção Colegiada do SEPE/SG informa à categoria que esteve  presente na Câmara de Vereadores, ontem,  dia 13  de novembro, para acompanhar a leitura da mensagem referente ao reajuste acordado no TAC de 2018 para o mês de dezembro de 2019, com esse reajuste o salário inicial do professor  passa a ser referente ao piso nacional de 2017. 
                         Hoje, dia 14/11/2019, a direção do SEPE voltou à Câmara para acompanhar a movimentação da mensagem, que se encontra no momento na Comissão de Orçamento, de onde deverá seguir para a Comissão de Educação e finalizar na Comissão de Justiça. Após colhidos todos os pareceres seguirá para votação em plenária. 
                                  Na próxima semana atualizaremos o informe sobre a movimentação da mensagem.

                                                       

REDE MUNICIPAL - INFORME

INFORME PARA À CATEGORIA.

                          A Direção Colegiada do SEPE/SG protocolou ontem (13/11/19)  no MP um ofício solicitando a interseção deste,  para que o concurso público 2020 seja editado imediatamente, ou que os aprovados no concurso 2016 sejam convocados para assumir as vagas existentes (existe uma ação do SEPE em andamento aguardando julgamento) já no início do ano letivo que se dará em fevereiro de 2020. 
                         Chamamos a atenção para que observemos que o processo seletivo simplificado vigente até 31 de dezembro de 2019, edital nº 01/2019, tem cunho temporário e não poderá ser prorrogado. E alertamos ainda que,  utilizar um novo edital para firmar novo contrato é de extremo desrespeito com a população que acreditou na realização do concurso público para iniciar o ano de 2020, para com a categoria  e também para com o próprio Ministério Público que diversas vezes perguntou e foi confirmado que o concurso seria realizado e que autorizou o contrato porque o governo prometeu  que seria temporário e emergencial. 
                          É lamentável a falta de compromisso que fica demonstrado com atitudes como essas do governo, durante todo o ano de 2019, o SEPE denunciou a falta de professores e outros profissionais essenciais na escola. Mostramos que se o IPASG tem dificuldades em arrecadação é devido ao grande número de funcionários que não fazem parte do quadro efetivo, estes funcionários terceirizados ou comissionados, não contribuem para o IPASG. A principal saída será aumentar o quadro de profissionais efetivos através do concurso. 
                         Estamos encaminhando cópia  da denuncia,  também, ao MPRJ pois algumas negociações tiveram a participação deste órgão, entre outras coisas, a promessa de que haveria concurso ainda este ano para todas as áreas no município.  

Obs: Não fomos recebidos pela promotora, mas fomos informados que já havia sido enviado ao Secretário de Educação, um ofício com as deliberações da nossa assembleia. Enquanto não houver respostas seguimos com as orientações anteriores.

                                            



segunda-feira, 11 de novembro de 2019

NOTA DE FALECIMENTO

NOTA DE FALECIMENTO

              É com grande pesar que o SEPE/SG informa sobre o falecimento do professor Wander Moreno.
              O sepultamento será às 15:30 no cemitério do Maruí,  Barreto, Niterói. Uma grande perda para a rede municipal de SG e para a Escola Municipal Evadyr Molina. A todos os familiares e amigos nossos sentimentos!

Professor Wander Moreno - PRESENTE!
Professor Wander Moreno - PRESENTE!
Professor Wander Moreno - PRESENTE!


quarta-feira, 6 de novembro de 2019

REDE MUNICIPAL

ATENÇÃO FUNCIONÁRIOS APOSENTADOS.

                             Ao ser informada de que os funcionários aposentados não teriam recebido seus salários com o  reajuste concedido aos ativos esse mês, a direção do SEPE/SG entrou em contato com o IPASG para obter esclarecimentos. A presidente do IPASG admite que houve um equívoco e que a diferença sairá em folha suplementar até dia 14 de novembro de 2019, informou também que para os pagamentos futuros sairá junto com os dos ativos. 

          

Rede Estadual


terça-feira, 5 de novembro de 2019

II Seminário "Educação, Racismo e Decolonialidade."


ATIVIDADES DA SECRETARIA DE COMBATE AO RACISMO E DISCRIMINAÇÃO RACIAL



             Nos dias 9 e 13 de novembro, o SEPE RJ desenvolverá uma série de atividades que integram a programação organizada pela Secretaria de Combate ao Racismo e Discriminação Racial do sindicato intitulada "Mês da Consciência Negra no SEPE RJ. No dia 9 de novembro (sábado), a programação será aberta com uma Aula Passeio, a partir das 9:30h, na Zona Portuária (Circuito da Herança Africana e Memória Afro-carioca), com limite de 60 vagas e parceria com o Instituto Pretos Novos (IPN).
             No dia 13 de novembro, às 17h, teremos a apresentação e debate sobre o curta-metragem "histórias de Yayá", do diretor Reinaldo Santana, no auditório do SEPE/RJ. Em seguida ao debate, a partir das 18h, será realizado no mesmo local o debate "Racismo Estrutural e a Política de Segurança do Governo Estadual do Rio de Janeiro, com a participação de Helena Bretas e Júlio Condaque.



REDE ESTADUAL


quarta-feira, 30 de outubro de 2019

REDE MUNICIPAL

INFORME DA REUNIÃO COM O MP (29/10/19)

            A direção do SEPE procurou o MP, espontaneamente, para levar as propostas da categoria deliberadas na última assembleia. Gostaríamos de deixar claro, que em momento algum as propostas são contrárias ao cumprimento da LDB, no entanto,  precisávamos defender os argumentos apresentadas pelos profissionais da educação diante das realidades vividas em suas escolas.
           Fomos prontamente atendidas pela Promotora, Dra Marcele Navega, que registrou em ata todas as propostas, e irá mediar junto ao Secretário de Educação para agilizarmos as reposições. 
              Lembrando ainda, que as escolas que já cumpriram parte da carga horária e já se organizaram para utilizar os dias dos seus planejamentos, podem dar continuidade as reposições,  pois será computado. Outro esclarecimento importante é que as escolas  devem subtrair das 54 horas de reduções os dias de planejamento e Conselhos de Classes que tenham coincidido com as reduções, as horas devidas se referem apenas a carga horária não trabalhada com os alunos.
          Reiteramos que a categoria participou de um legítimo movimento de luta pelo descumprimento da cláusula 5ª do TAC, que esta não se recusa a repor a carga horária do aluno, mas reforçamos a importância do cumprimento do 1/3 de planejamento para a rede, pois se a lei fosse cumprida todos teriam tempo hábil para repor suas aulas sem maiores transtornos. 


                  

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Na luta é o nosso lugar! Parabéns para todos os funcionários públicos que lutam diariamente por uma Educação Pública de qualidade!


REDE MUNICIPAL


Divulgando.Jacqueline Morais Morais, presente! hoje e sempre!


REDE MUNICIPAL

PROPOSTA APROVADA EM ASSEMBLEIA DO DIA 25/10/19

Reunidos em assembleia dia 25/10/19 a categoria deliberou a seguinte proposta:

 A proposta apresentada pela categoria, discutida e aprovada foi:

ü  Utilizaremos 5 sábados para pagar as 5 paralisações integrais;
ü  Utilizaremos todos os  horários de planejamento até o final do ano (até cumprir a carga horária devida);
ü  Complementaremos as horas que faltarem com atividades de estudo dirigido (pesquisas e outros)

     Dentre as propostas apresentadas na ATA,  a categoria se posicionou  contrária apenas ao fato de pagar as horas reduzidas utilizando dias, conforme sugerido (sábados, recessos e feriado estadual), ou seja, dias apenas para pagar as paralisações integrais.


Obs.: Lembrando que as escolas de ensino integral que tem um horário de planejamento maior conseguirão pagar a carga horária devida, sem necessidade de atividades complementares. Destacando que estas Unidades devem apenas a carga horária do aluno, dispensando o pagamento do planejamento.

 Apenas as escolas com funcionamento de 22h semanais utilizarão atividades complementares, pois sua carga horária de planejamento é menor.

Quanto ao segundo segmento, poderão utilizar contra turnos e aulas vagas, podendo (caso ainda haja débito) utilizar sábados para complementação da carga horária.


No caso da EJA será marcada uma reunião entre a coordenadora do segmento e uma comissão de professores, para apresentação de uma reposição específica para essa modalidade de ensino.

A proposta será levada ao MP amanhã pela direção colegiada do SEPE/SG

                                                     





        






quinta-feira, 24 de outubro de 2019

REDE MUNICIPAL

INFORME SOBRE A REUNIÃO NO MP SOBRE REPOSIÇÃO DE AULAS



ATENÇÃO COMPANHEIROS!

                   Pedimos aos professores que observem atentamente as datas indicadas na ata e verifiquem se coincidem com dias de reuniões pedagógicas, preenchimento de fichas ou conselhos de classe. Caso coincida não considerar como redução do nosso movimento.
                    Outro levantamento importante é sobre a oferta de merenda em cada escola, pois para traçarmos projetos para reposição precisamos ter garantido o direito do aluno de se alimentar. Traga-nos essa informação.
                   A participação na assembleia de amanhã dia 25/10/2019, às 16h no Castello Branco, é fundamental para tirarmos dúvidas e  discutirmos o futuro do movimento. Seja qual for seu posicionamento nesse momento,  o melhor lugar para se defende-lo é na assembleia. 
                  
                                                  




terça-feira, 22 de outubro de 2019

NOTA OFICIAL SEPE

Nota do SEPE contra discriminação em dicionários e no Google a respeito do significado do termo “professora”


Em edição do dia 21 de outubro de 2019, o Jornal Extra, certamente alertado por algum leitor, mostrou um fato inusitado e, para as professoras de todo o país, revoltante. Ao buscar pela plataforma de pesquisa do Google pelo significado do termo “professora”, o site abre uma série de janelas com dicionários próprio e de autores clássicos como Antônio Houaiss, Michaelis e Aurélio, nos quais as respostas apresentam o termo com as seguintes definições: “1): mulher que ensina ou exerce o professorado: 2) Brasileirismo - Brasil: N.E. informal: prostituta com quem adolescentes se iniciam na vida sexual. Tal conteúdo tem sido disseminado pelas redes sociais e choca pelo fato óbvio de atingir uma categoria majoritariamente feminina e por revelar um conteúdo fortemente discriminatório e ofensivo, já que uma pesquisa pelo termo professor, no masculino, apresenta um resultado completamente diferente.
Ao tomar ciência do fato, o SEPE RJ está acionando o seu Departamento Jurídico para verificar quais são as providências cabíveis para a correção desta verdadeira distorção, que ofende e atinge um sem número de mulheres que abraçaram o magistério e que, cotidianamente, já são expostas a uma série de violências no seu ambiente de trabalho a à falta de reconhecimento da parte de governos que não valorizam a profissão. 
Para o sindicato é indesculpável que, em pleno século XXI, ainda sobrevivam tais tipos de preconceitos contra a mulher, principalmente num momento em que o próprio governo federal se apresenta como um defensor da extinção dos direitos das mulheres e das minorias depois de anos de avanços da luta contra a discriminação e contra os ataques aos seus direitos de gênero.  

FONTE: SEPE/RJ – SINDICATO ESTADUAL DOS PROFISSIONAIS DE EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

REDE ESTADUAL

ATENÇÃO REDE ESTADUAL!

Governo do estado anunciou que vai pagar a diferença entre niveis até amanhã (dia 18/10)



Segundo matéria do Portal do Jornal Extra de hoje (dia 17/10), os professores da rede 
estadual receberão o pagamento do quinquênio até esta sexta-feira (dia 18/10). O 
benefício será pago amais de 14 mil professores e a informação foi confirmada pelo 
secretário estadual de Educação, Pedro Fernandes, que não excluiu a possibilidade da 
progressão funcional cair nas contas dos servidores antes mesmo de amanhã. Os 
funcionários administrativos, que também tem o direito de receber o quinquênio, não 
foram contemplados e continuam aguardando a divulgação da data do pagamento.
Veja a matéria completa pelo link abaixo:
https://tinyurl.com/y69n22n4
Veja um histórico da luta dos profissionais de educação pela garantia do Plano de 
Carreira: O governo do Rio de Janeiro, e não tão somente a atual gestão, descumpre, 
historicamente, a aplicação da progressão de 12% para os professores. Não podemos 
esquecer que há pouco mais de um mês este mesmo governo publicou em Diário Oficial 
decreto acabando exatamente com a progressão para os professores – foi a pressão da 
categoria e do Sepe nas escolas, junto à SEEDUC e deputados que fez com que o governo 
recuasse do ataque ao nosso plano – leia aqui a notícia do ataque do governo ao Plano de 
Carreira.
Por isso alertamos os professores e funcionários administrativos da importância de se 
mobilizar em defesa do plano de carreira da educação.
É enorme a insatisfação da categoria com os cinco anos sem reajuste, a falta de estrutura, 
o desrespeito ao plano de carreira e o descumprimento do 1/3 de planejamento extraclasse. 
Por isso mesmo convocamos os profissionais a participarem da greve de 24 horas no dia 23 de 
outubro, com assembleia no Largo do Machado, às 11h; seguida de Marcha até o Palácio 
Guanabara, onde reivindicaremos que o governo do estado abra negociações em torno de 
nossa pauta:
- Reajuste já; 
- Defesa do Plano de Carreira; 
- Contra a criminalização da pobreza; 
- Em defesa da educação pública.
Como reajuste salarial, a categoria reivindica a incorporação do Piso Nacional do Magistério ao 
piso do professor do estado (49,62% de reajuste para o magistério) e a incorporação do salário 
mínimo regional do estado do Rio ao piso do funcionário administrativo 
(84,67% para o funcionário).
Todos à Marcha ao Palácio dia 23/10, com assembleia no Largo do Machado 11h.

FONTE: SEPE/RJ

REDE MUNICIPAL

INFORME À CATEGORIA

             O SEPE/SG informa que a reunião que aconteceria hoje, dia 17/10/19, entre SEPE e SEMED, mediada pelo MP, para tratarmos dos assuntos referentes à reposição de aulas, foi transferida para dia 24/10/19 (quinta-feira) próxima às 14h.
                                               


REDE ESTADUAL


segunda-feira, 14 de outubro de 2019

NOTA DE PESAR

NOTA DE FALECIMENTO

É com grande pesar que informamos o falecimento de JACQUELINE  MORAIS, no dia 12/10/19. Grande profissional e militante nas lutas em prol da educação pública, professora e pesquisadora da FFP-UERJ,  participou ativamente do movimento "UERJ Resiste" e em defesa das universidades públicas.  
O SEPE/SG se solidariza aos familiares e amigos no sentimento de perda, mas destaca que seu compromisso  com a luta e sua vasta obra são exemplos de uma trajetória bem sucedida e serão lembrados pelos amantes do ensino e do aprendizado.

JACQUELINE MORAIS - PRESENTE!
JACQUELINE MORAIS - PRESENTE !
JACQUELINE MORAIS - PRESENTE!


quarta-feira, 9 de outubro de 2019

REDE MUNICIPAL - INFORME

ATENÇÃO CATEGORIA!

                      A direção colegiada do SEPE/SG após tomar ciência, no dia 07/10/19, do ofício nº 1.027/SUBAP/2019 enviado às escolas para tratar da reposição de aulas não ministradas do calendário 2019,  imediatamente solicitou uma reunião com o Secretário de Educação e no dia seguinte, 08/10/19, reuniram-se para tratar das propostas de atividades que poderiam ser utilizadas para recompor a carga horária devida. Foi dito pelo secretário que o conteúdo do ofício é apenas uma sugestão,  porém não foi entendido desta forma por algumas escolas, visto que a sugestão está voltada apenas para a ampliação de carga horária. O SEPE sugeriu que também fossem aceitos estudos dirigidos e outras atividades que pudessem acrescentar no aprendizado dos alunos, porém não houve acordo entre as partes.
                    Cabe ressaltar,  que toda e qualquer proposta para reposição de aulas  que sejam fruto do movimento de greve, paralisação ou redução de carga horária deverá ser discutida com os representantes da categoria, o SEPE. Portanto, no dia 09/10/19 a direção do SEPE solicitou a mediação do MP, onde foi de pronto atendida e desta forma marcada uma reunião com o  SEPE/SG e Secretário de Educação para o dia 17/10/19. 

                                       



terça-feira, 8 de outubro de 2019

REDE MUNICIPAL

CADA VITÓRIA TEM A MARCA DA NOSSA LUTA!
PARABÉNS, CATEGORIA!

                    Saiu publicado no D.O de hoje, o reajuste que fora aprovado na Câmara de Vereadores sobre a concessão de 18,264%  para os Inspetores de Alunos e Merendeiros(as).  Será pago em 3X de 5,751% nos pagamentos de: outubro, novembro e dezembro. Com esse reajuste os salários ficam ajustados até 2019. 
               Parabéns, aos companheiros que estiveram incansáveis na luta pela garantia do cumprimento do TAC e entenderam que O SEPE SOMOS NÓS, NOSSA FORÇA E NOSSA VOZ!


segunda-feira, 23 de setembro de 2019

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

REDE MUNICIPAL

DELIBERAÇÕES DA ASSEMBLEIA

                          Deliberações da assembleia realizada no dia 18 de setembro de 2019:
  • Próxima assembleia dia 30 de outubro de 2019, às 16h, no C.M.Pres. Castello Branco, com redução apenas no turno da tarde;

  • Atividades: Dia 16 de outubro de 2019 é uma data simbólica para a categoria, nesse dia  fará 1 ano da assinatura do TAC, conquistado por essa categoria numa greve histórica em nosso município, sendo assim, foi deliberado que nesse dia deveremos ir trabalhar com a camisa "DA LUTA NÃO ME RETIRO" e fazer fotos e postagens nas redes sociais para que fique registrada mais essa vitória da nossa luta.  #juntososmosmaisfortes;



  •  Fica também deliberado que, se até o dia 13 de outubro de 2019 a mensagem com a adequação salarial dos professores para dezembro não tiver sido enviada para a Câmara, a direção do SEPE/SG convocará a categoria para uma assembleia extraordinária.