segunda-feira, 13 de abril de 2015

terça-feira, 7 de abril de 2015

Rede municipal: Amanhã Paralisação de 24 horas com Ato


Rede estadual: Orientações sobre o SAERJ

Atenção, rede estadual: orientação sobre o SAERJ
Vários profissionais de educação têm procurado a direção do Sepe para denunciar que as Metropolitanas estão obrigando os profissionais de educação a aplicarem a prova do SAERJ. A orientação do sindicato é que nenhum profissional de educação poderá ser obrigado a aplicar a prova do SAERJ - isso inclusive já foi reafirmado em várias audiências com o ex-secretário de Educação e com o secretário atual, professor Antônio Neto.

A única consequência que esse profissional sofrerá ao não aceitar aplicar essa prova será o não recebimento da gratificação do plano de metas. Todos aqueles que por opção político-pedagógica se recusarem a realizar essa avaliação não podem sofrer nenhum tipo de retaliação ou ameaças. Caso isso aconteça, esses profissionais devem procurar imediatamente a direção do sindicato para denunciar a situação.

Fonte: Site Sepe/RJ

Rede estadual: Assembleia será na ABI

ASSEMBLEIA DA REDE ESTADUAL SERÁ NA ABI


Foi confirmado o local da assembleia geral da rede estadual do dia 11 de abril (próximo sábado): ABI (Rua Araújo Porto Alegre, 71, 9º andar).

Horário: 14h - atenção, o Conselho Deliberativo será às 10h, no auditório do Sepe Central.

Fonte: Site Sepe/RJ

Rede estadual: Assembleia 11/04

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Convocação assembleia eleitoral do núcleo São Gonçalo

Convocação

A Direção Colegiada do Sepe/SG, convoca todos os seus filiados para comparecerem a assembleia eleitoral que será realizada no dia 13 de abril  de 2015, às 18 horas na sede do núcleo São Gonçalo, a Rua Coronel Rodrigues, 256, Centro, São Gonçalo(rua atrás do Banco Itaú)  

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Moção de apoio da rede municipal da educação de SG aos profissionais da educação de São Paulo


Rede municipal: Assembleia dia 31/03

Após a assembleia os profissionais da educação foram à Câmara de Vereadores, acompanhar a sessão que votaria na mensagem enviada pelo prefeito com alteração no plano de carreira,  uma comissão foi recebida pelo presidente da Câmara, o vereador Dinei, que ouviu os profissionais, juntamente com outros vereadores, sendo então retirada a mensagem enviada. 
Acompanhe o calendário:

01 à 07/04 - Redução de carga horária em todos os turnos;
08/04- Paralisação de 24 horas com ato na prefeitura, às 10h.
09/04- Assembleia, às 16h, no C.M.Castello Branco, redução de carga horária em todos os turnos.

Participe!  



quinta-feira, 26 de março de 2015

Dia D da educação da rede municipal de São Gonçalo

Dia D da educação da rede municipal de  São Gonçalo

O dia D em São Gonçalo foi um dia de luta. Com redução de carga horária e com assembleia marcada para terça feira, a categoria tem avançado na organização do movimento e, caso não se avancem as negociações, na preparação da greve. Os profissionais da educação  foram à SEMED  pela manhã para acompanhar a audiência com o secretariado de governo. No entanto, a subsecretária Vaneli informou, através do Wathsapp que o Secretário Claudio Mendonça  estaria em reunião com o MP pela manhã e com o prefeito à tarde, não podendo nos atender.. 

Diante de mais uma gota de água no balde já cheio da educação, que foi o não pagamento  das dobras, uma comissão foi à prefeitura para falar com a Secretária de Administração Roseli, a subsecretária  de RH Emília e o servidor Marcos do CPD. 

Lá a Secretária nos informou que os processos de dobra só chegaram no dia 19 de março, e por isso não puderam ser incluídos no pagamento do mês. Conseguimos negociar  uma folha complementar que sairá no dia 10 ou 13 de abril, garantindo que não haverá acúmulo com o salário, o que causa um desconto maior do imposto de renda devido a mudança de faixa salarial. Negociamos também a extensão do prazo do recadastramento  de 6 a 13 de abril, pois o prazo inicial já havia sido prorrogado para o dia 13 de março. Após esse prazo farão o bloqueio do pagamento dos que não se recadastrarem.

Também foi informado que a comissão de análise dos processos de enquadramento do plano de carreira será formada em breve. Quanto a audiência  com o Secretário de Educação, aguardaremos até terça feira o contato por parte do Secretário, já informando ao Ministério Público que a audiência marcada foi unilateralmente cancelada.

SOBRE O DESCONTO DO IMPOSTO SINDICAL

Esclarecemos que, o desconto de um dia de trabalho dos profissionais da educação não foi requisitado pelo SEPE. Na verdade, é o desconto do Imposto sindical feito todo ano e que tem ido para um sindicato que desconhecemos. O SEPE sempre foi contra o imposto sindical e sobrevive da contribuição VOLUNTÁRIA da categoria , feita através da filiação. Para que o dinheiro da categoria não vá para sindicatos cartoriais, fantasmas e pelegos, o SEPE /RJ se credenciou na Caixa Econômica. Assim, disputaremos o valor descontado da categoria para poder fazer a devolução dos valores restantes, já que 5% vai para confederações, 15% para federações e 20% para a conta especial “emprego e salário” do Ministério do Trabalho. Sobram somente 60% dos valores descontados. É uma verdadeira apropriação indébita dos salários dos trabalhadores. Vamos dizer não ao imposto sindical.

Rede municipal: Continua a redução de carga horária até 31/03

Os profissionais de educação da rede municipal realizaram ontem (25/03) sua assembleia, para traçar metas e definir o calendário das lutas da categoria. Dentre os pontos discutidos, ressaltamos  a realidade estrutural das escolas da rede, a maioria em estado de risco para a comunidade escolar, tetos desabando, buracos e rachaduras nas estruturas, escolas alagadas, sem energia elétrica outras sem água, porém o debate principal ficou por conta da falta de respeito, do poder executivo com a categoria, que a um bom tempo não recebe sua representação para debater a situação dos profissionais. 

Veja o Calendário aprovado pela categoria

26 à 31/03 - Redução de carga horária em todos os turnos.

26/03- Vigília e apitaço na porta da SEMED (Secretaria de Educação), enquanto a comissão é recebida em audiência  a partir das 10 horas, sem a paralisação da rede nos sistema anterior de organização em estado de greve.

31/03 assembleia para avaliação da audiência e os rumos a serem seguidos pela categoria, local C.M Castello Branco às 16 horas.

Todas as propostas foram aprovadas por ampla maioria.

Fotos e créditos: Rafael Gonzaga